ARTIGOS

15/06/2022 08:03

5 TIPOS DE DIAS QUE O INDIVÍDUO PODE ENFRENTAR NO TRABALHO

A criatividade tem sido cada vez mais valorizada pelas empresas e, para que ela prospere, é necessário que os funcionários vivenciem dias com mais estímulos.

Foi o que concluiu um trio de professores da Virginia Commonwealth University (VCU) ao examinar mais de 11 mil pesquisas nas quais profissionais compartilharam suas vivências diárias no local de trabalho.

"Experiências que são consideradas, por exemplo, emocionantes ou entediantes, influenciam o desempenho do funcionário", afirmou o professor assistente da Escola de Negócios da VCU, Alexander S. McKay.

Assim, os pesquisadores analisaram como a criatividade varia com o tempo. A partir disso, chegaram a cinco tipos diferentes de dias que o indivíduo pode enfrentar no trabalho de acordo com as experiências vividas, e como isso afeta o seu potencial criativo:

Tóxicos

Baixos em fatores estimulantes, como liberdade e apoio organizacional, e altos em fatores de obstáculo, como pressão com horários e atitudes conservadoras. Esses dias são preenchidos por conflitos, no mau sentido da palavra.

Felizmente, são incomuns, representando por volta de 8% dos dias de trabalho;

Desengajados

Baixos tanto em fatores estimulantes quanto de obstáculos, e correspondem a cerca de 10% dos expedientes;

Típicos

Como o próprio nome sugere, dias típicos contêm níveis de estímulo e de obstáculo "na média". Como esperado, é o tipo que ocorre com mais frequência - algo em torno de 34% dos dias de trabalho.

Ideais

Altos em fatores estimulantes, enquanto os fatores de obstáculos são baixos. Níveis moderados de pressão com horários. São dias opostos aos dias tóxicos, e correspondem a 30% dos dias de trabalho.

Dias de crise

Esses dias vêm acompanhados de altos níveis tanto de estímulo, quanto de obstáculos, além de níveis moderados de pressão com horários, representando 19% dos dias. Costumam ter conflitos positivos, nos quais os funcionários debatem problemas-chave de seu trabalho.

Ambiente de trabalho

O estudo feio por McKay e seus companheiros leva em conta a natureza extremamente complexa, multifacetada e dinâmica que é o ambiente de trabalho, e mostra que, no geral, as pessoas tiveram um desempenho criativo mais alto nos dias ideais, especialmente se comparado aos dias tóxicos e desengajados.

A hipótese é que a presença de estímulos ajude a motivar os funcionários, fazendo com que o clima do local se torne positivo e a criatividade flua.

Segundo o pesquisador Mayoor Mohan, professor de marketing na VCU, curiosamente, as pessoas tiveram a impressão de que os seus desempenhos criativos estiveram maiores nos dias de crise - mais até do que nos dias ideais -, mas suas reais performances correspondem a essa percepção.

A pesquisa concluiu, ainda, que na prática, gestores e liderados devem ter consciência de como o ambiente de trabalho contribui para o dia-a-dia da equipe, já que os profissionais geralmente têm o mesmo tipo de experiência no trabalho, dia após dia.

E que, dependendo de como isso é gerenciado, é possível que o indivíduo caia em uma rotina ou, por outro lado, se beneficie de longos períodos de plena criatividade.

Para McKay, é inevitável que dias de crise ocorram e isso não é algo, necessariamente, ruim. "O segredo é fazer com que esses dias se tornem dias ideais, e não dias tóxicos ou desengajados", diz.

Com informações do Valor Econômico

Da redacao:  Patricia Bueno Mussi.


Fonte: Contábeis


T tulo fixo

Solicite mais informações:

Entre em contato conosco para solicitar orçamento sobre nossos serviços.

© Athus Contabilidade 2015
Todos os direitos reservados.

Rua Mestre Teodoro Lourenço da Costa, 88
Bairro Consil, Cuiabá MT, 78048-425

(65) 3027-59.59

whatsApp (65) 99307-01.01

[email protected]

Assessor Jurídico

Marcos Davi Andrade

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo